Prefeitura apresenta na ACINFAZ o Orçamento Municipal para o próximo ano

Marcelo Noda Bastos / ACINFAZ

Marcel Noda Bastos / ACINFAZ

A Associação Comercial e Industrial de Fazenda Rio Grande (ACINFAZ) promoveu um encontro em sua sede para que a prefeitura apresentasse o Orçamento Municipal para 2017 para diretores, conselheiros, empresários associados e outras entidades de classe. O executivo passou informações sobre o planejamento de custos e investimentos dos recursos municipais para o ano que vem. A reunião foi na última quarta-feira (10).

O presidente da ACINFAZ, Gastão Fabiano Gonchorovski, fez a abertura do evento. Ele falou sobre a importância da união da sociedade civil para o debate de questões que envolvem a cidade. O prefeito em exercício, Marcio Wozniack, comentou alguns planos futuros para a cidade para, em seguida, o secretário municipal de Administração, Claudemir José de Andrade, fazer a apresentação técnica referente ao orçamento do próximo ano. 

Claudemir Andrade falou sobre as fontes de receita da cidade (tributos e repasses) e detalhou quanto desses recursos é direcionado para cada área da administração pública. Foram apresentados, ainda, os projetos em andamento na cidade e o quanto está sendo investido. Em outubro, será agendada uma nova reunião na ACINFAZ para discutir o orçamento. 

Ao final da apresentação, o microfone foi aberto para perguntas. Wozniack comentou que foi de grande valia poder registrar na ACINFAZ os números do município e as ações planejadas. E falou sobre a importância de atrair empresas para a cidade, devido a arrecadação com o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), para que os recursos circulem no próprio município, gerando empregos e renda. 

Além de diretores, conselheiros e coordenadores da ACINFAZ, vários empresários estiveram presentes, assim como representantes da prefeitura, da câmara municipal, da Polícia Militar, da Guarda Municipal, da Associação de Deficientes Físicos de Fazenda Rio Grande (AFDF), do Conselho de Pastores de Fazenda Rio Grande, da imprensa local, do Centro de Assistência e Desenvolvimento Integral (CADI), Associação Radio Táxi e lideranças da Igreja Católica.

Fonte: assessoria ACINFAZ