Associações comerciais de 17 cidades do Oeste oferecem certificação digital

certificado

A Faciap, Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná, é parceria da Caciopar na emissão do certificado digital, documento indispensável às empresas em uma era pautada na tecnologia da informação. O convênio, que oferece condições e valores diferenciados às pessoas jurídicas, é estendido às associações comerciais integradas ao sistema, garantindo assim modernidade ao setor produtivo regional. “As empresas têm em suas associações um serviço de qualidade, rápido e eficiente”, informa o presidente da Caciopar, Leoveraldo Curtarelli de Oliveira, que é de Santa Helena.

O sucesso da parceria da Faciap com a Caciopar e outras coordenadorias de associações comerciais do Paraná pode ser medido em números. A Federação é atualmente líder no ranking da CACB, a Confederação das Associações Comerciais e Empresarial do Brasil, e a segunda da Certisign, a maior certificadora do País – Autoridade de Registro. São mais de cem pontos de atendimentos para a emissão de certificados digitais no Estado, que funcionam nas respectivas associações comerciais parceiras.

“Ao buscar a certificação nas Aces, o empresário estará fortalecendo um sistema representativo importante, que trabalha em favor das grandes causas do setor empresarial e produtivo”, conforme Leoveraldo. A parceria oferece valores dos mais atrativos na contratação do serviço, inferior à média praticada pelo mercado e ainda garante repasses à associação comercial da qual a empresa é filiada e à Coordenadoria que representa as Aces da região. “Ou seja, com esse convênio todos ganham”, diz Leoveraldo, pedindo para que mais associações comerciais integradas à Caciopar passem a oferecer esses benefícios aos seus filiados.

O que é

Com o avanço das tecnologias da informação, a exemplo da internet e de recursos como o e-commerce, a certificação digital assume função de peso no cotidiano das empresas. A analogia mais simples é comparar a certificação digital à carteira de identidade, que é indispensável a qualquer pessoa. A assinatura digital é um mecanismo de segurança e de identificação empregado no mundo virtual. Ela possibilita o reconhecimento da empresa nos meios digital e eletrônico, conferindo segurança em todo tipo de procedimento que a pessoa jurídica fizer utilizando os recursos dessa tecnologia de comunicação e negócios.

Os nomes mais comuns dados à certificação digital são e-CPF e e-CNPJ, meios utilizados para conferir autenticidade dos remetentes e destinatários de documentos e dados que trafegam pela internet. Esses dispositivos também são empregados como instrumentos para facilitar a relação das empresas, eletronicamente, com as receitas Estadual e Federal. Na parceria da Faciap com as coordenadorias e associações, as empresas contam com dois tipos de certificados, A1 e A3, com validades respectivas de um e três anos.

O primeiro modelo é instalado diretamente no computador e o segundo emprega um token (espécie de chave com código) ou leitora de cartão magnético. O convênio garante às associações comerciais (que tenham o ponto de atendimento) 19,5% sobre o valor do software e de 12,5% sobre o do hardware, quando houver. A certificação digital está em constante aprimoramento, tudo para combater fraudes cada vez mais comuns no mundo virtual. De olho nisso, as certificações passarão a ser feitas por meio do cadastro biométrico e também facial do requerente.

São 17 os municípios do Oeste nos quais as suas associações comerciais têm parceria com a Caciopar e a Faciap e disponibilizam a certificação digital às empresas filiadas. São elas: Assis Chateaubriand, Cafelândia, Capitão Leônidas Marques, Cascavel, Corbélia, Guaíra, Guaraniaçu, Itaipulândia, Marechal Cândido Rondon, Matelândia, Nova Aurora, Palotina, Quedas do Iguaçu, Santa Helena, Toledo e Vera Cruz do Oeste.

 

Certificações digitais:

 

E-CPF

* Acompanhar processos legais

• Obter certidões da Receita Federal.

• Declarar Imposto de Renda via internet (prioridade na restituição)

• Acompanhar processos tributários eletronicamente

• Recuperar informações sobre o histórico de declarações

• Verificar a autenticidade de informações divulgadas na versão on-line do Diário Oficial

• Gerar procurações eletrônicas – utilizáveis em atividades ou transações em que certificados digitais já são empregados

• Consultar e atualizar o cadastro

de contribuinte pessoa física.

• Acessar Bradesco/BB

 

 

E-CNPJ

• Emitir notas fiscais eletrônicas

• Assinar contratos digitais

• Acompanhar processos legais e fiscais

• Consultar e regularizar a situação cadastral e fiscal

• Emitir certidões

• Gerar procurações eletrônicas utilizáveis em atividades ou transações em que certificados digitais já são empregados

• Verificar a autenticidade de informações divulgadas na versão on-line do Diário Oficial

• Entregar o IRPJ, a DCTF e a DIPJ

• Fazer a Redarf

• Acessar Bradesco/BB

 

NFE 

• Permite a emissão de notas fiscais de forma eletrônica com validade jurídica

• Redução de custos de impressão e armazenamento dos documentos fiscais

• Redução de custos de aquisição de papel

• Eliminação de digitação de notas fiscais na recepção de mercadorias

• Simplificação de obrigações acessórias, como dispensa de AIDF

 

Fonte: assessoria Caciopar