Acicam pede transparência e profissionalismo na administração a candidatos a prefeito

acicam-transparencia

Candidatos com o presidente da Acicam, Paulo Cesar Gomes, e o secretário, Ben-Hur Teixeira Berbet

Entre as prioridades que a Associação Comercial e Industrial de Campo Mourão (Acicam) apontou aos quatro candidatos a prefeito do município, está a transparência na aplicação dos recursos públicos. Também reivindicou a formação da equipe de administração – sobretudo o primeiro escalão – por profissionais da área e a redução do número de cargos comissionados.

Os postulantes a chefia do Poder Executivo de Campo Mourão na eleição de 2 de outubro próximo receberam mais quatro pedidos da entidade empresarial relacionados á gestão pública. O aproveitamento de servidores efetivos em cargos de chefia e outros cargos de confiança “para melhorar a eficiência e garantir a execução de bons serviços” foi um deles. Pleiteou ainda a realização de treinamentos periódicos para todos os níveis, desde os ocupantes de cargo de chefia ao pessoal de execução, além da promoção de políticas públicas que redundem em desenvolvimento social e econômico com planejamento e ação, bem como a apresentação do Plano Diretor anual e plurianual.

Segurança

A segurança mereceu um capítulo no documento que a Acicam entregou aos candidatos. Foi pedida a instalação, com urgência, de um sistema de monitoramento por câmeras na cidade; a implantação da guarda municipal e a implantação e manutenção – em perfeito estado de conservação – de sinalização de trânsito. A reavaliação dos semáfaros para diminuir os constantes acidentes na Perimetral Tancredo Neves foi outra ação indicada.

Mais duas ações foram apontadas na área da segurança: fomentar, apoiar e estruturar o Conselho Municipal de Segurança (Conseg) e interceder no sentido de ampliar o efetivo da Polícia Civil, Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

Para a área da saúde, a Acicam solicitou empenho na realização de projetos e ações que visem garantir a manutenção e fortalecimento do Hospital Santa Casa, aplicação de maior percentual do orçamento, efetivação da regionalização da saúde visando a obtenção de mais recursos, oferta de atendimento humanizado e investimentos nas unidades descentralizadas.

Infraestrutura

O rol de reivindicações preparado pela Acicam incluiu também propostas relacionadas a infraestrutura. Entre elas, a execução de reforma viária visando diminuir o número de acidentes, manutenção das estruturas municipais já existentes (praças, creches escolas, academias da terceira idade, etc.) e investimentos na aparência da cidade (principalmente nas entradas da cidade). Também foi pedida a melhoria da infraestrutura dos bairros.

Mais propostas apresentadas: elaboração de novo projeto de trânsito (com a organização e regulamentação do estacionamento rotativo), continuidade da construção do Centro de Eventos no parque de exposição Getúlio Ferrari, doação de terreno para a ampliação do campus da UTFPR.

Para assegurar transparência no governo municipal, a Acicam pediu aos candidatos a prefeito que permitam e apoiem a atuação do Observatório Social local, com a disponibilização imediata de documentos e informações solicitadas.

Fonte: assessoria Acicam